Área do cliente

Notícias

Com treinamento e máquinas, Fiea viabiliza associação de costureiras em Marechal Deodoro

Quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Senai garantiu formação para as 20 mulheres associadas

Garantindo oportunidade de trabalho para 20 mulheres, a Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), por meio do Sindicato da Indústria do Vestuário (Sindvest/AL), inaugurou, na manhã desta quarta-feira, 19, a sede da Associação das Costureiras de Marechal Deodoro. Ali, elas vão produzir uniformes e outras peças de vestuário, com compra assegurada pelo município para as escolas locais, estimulando a economia deodorense.

“Estamos felizes de entregar a população uma obra que vai gerar emprego e renda”, disse o presidente da Fiea, empresário José Carlos Lyra de Andrade, na solenidade de inauguração, que reuniu os diversos parceiros do empreendimento. A sede da Associação foi viabilizada com recursos da Prefeitura de Marechal, responsável pela estrutura física e sua manutenção, e do Sebrae, que dará formação na área do empreendedorismo.

A Fiea garantiu o maquinário e o treinamento das costureiras, todas formadas pelo Serviço Nacional da Indústria (Senai/AL). “Essa é a oportunidade de criarmos, aqui, um polo de confecções, a exemplo do que há em Toritama [PE]. Para isso, contamos com a disposição e a vontade política do prefeito Cacau, e dos incentivos fiscais ofertados pelo Estado”, afirmou José Carlos Lyra, apontando um caminho para as novas empreendedoras.

O prefeito Cacau agradeceu a Lyra pela parceria, destacando a Escola Sesi/Senai, a Indústria do Conhecimento e o apoio à Escola de Música, como frutos da relação institucional entre a Fiea o município de Marechal Deodoro. “Essa associação de costureiras é uma oportunidade de transformação na vida dessas mulheres. Um empreendimento que queremos ampliar, beneficiando um número ainda maior, em outro ponto da cidade”, anunciou o prefeito, que pediu novo apoio da entidade da indústria para ampliar a oferta de formação para a população deodorense.

O presidente do Sindvest/AL, Francisco Acioli, destacou a iniciativa do prefeito de tornar realidade o projeto, ressaltando que, na associação, as costureiras vão produzir agregando às suas peças o artesanato local, que tem o filé como uma das expressões. “Em conjunto, Senai e Sebrae vão capacitar as costureiras para inseri-las no segmento de moda”, revelou o dirigente do Sindivest/AL.

“Para nós, o momento é de gratidão a todos que acreditaram em nós, transformando nosso sonho em realidade. O trabalho aqui vai garantir renda e dignidade para nossas famílias”, disse Gisleide Ferreira, que representou o grupo de costureiras beneficiadas.

Participaram da solenidade, o vice-prefeito Walter Avelino, o superintendente do Senai/AL, Carlos Alberto Paes, e diversos colaboradores das instituições envolvidas.

Compartilhe: